A gastronomia típica dos imigrantes alemães que colonizaram Joinville está mais concentrada fora do eixo central da cidade, na estrada Dona Francisca (SC-301), região do Rio Bonito, e em pequenas estradas da zona rural.

Fazem parte do cardápio comidas como a carne de marreco, o nhoque alemão (feito de batata-doce e recheado com banana-da-terra), o spätzle (espécie de nhoque de menor tamanho à base de trigo e ovo) e o chucrute.

Também se destacam o muss (espécie de geleia pastosa feita com açúcar mascavo), a schmia (um muss com pedaços de frutas), o eisbein (que leva joelho de porco à pururuca), a bockwurst (salsicha elaborada com carne de vitela e de porco), kassler (iguaria feita com costela de porco defumada) e os rollmops (filés crus de sardinha enrolados na cebola fervidos e guardados em conserva no vinagre).

Além da culinária alemã, Joinville famosa ainda pelos seus pães, cucas, doces e chocolates caseiros e cafés coloniais.

Em agosto, os principais restaurantes da cidade promovem o Festival Gastronômico de Inverno, oferecendo um menu especial composto por entrada, prato principal e sobremesa a preço fixo. Pratos da culinária japonesa, italiana, mexicana, texana, australiana e alemã são algumas das opções.

Dicas de quem já foi

Atrações

Cursos Online
UOL Cursos Online

UOL Cursos Online

Todos os cursos