Gravatal

Cris Gutkoski/UOL
Estradas de terra, colinas, montanhas e áreas para pasto na paisagem de Gravatal Cris Gutkoski/UOL

Fontes de águas termais e belas paisagens conquistam todas as idades em Gravatal

A cidade de Gravatal, em Santa Catarina, atrai visitantes há mais de 50 anos por conta uma combinação animadora para o lazer em família: as fontes naturais de águas termais e a beleza da paisagem.

Com cerca de 10.500 habitantes, localizada 160 km a sudoeste de Florianópolis, a pacata Gravatal foi escolhida pelo Ministério do Turismo como um dos 36 destinos brasileiros que integram o programa Viaja Mais Melhor Idade. Visitantes acima dos 50 anos são o principal público do turismo, mas não o único.

Turmas de estudantes também escolhem o lugar para confraternizações ou ritos de passagem em breves estadas nos hotéis, que são grandes estruturas de lazer. Piscinas térmicas, trilhas em bosques, quadras de esportes, salas de carteado, pingue-pongue e sinuca, aliados ao poder benéfico das águas, seduzem visitantes de todas as idades.

A Companhia das Águas Termais de Gravatal foi fundada em 1956 por famílias desbravadoras do turismo voltado à saúde que hoje dão nome a ruas, como Zepellini e Agostinelli. Na época, as banheiras ainda eram de madeira. O município se emancipou em 1961 e, ao longo das décadas, viu a atividade hoteleira e o comércio suplantarem a agricultura em importância econômica.

A indicação das águas para a balneoterapia nasce de suas características especiais: elas jorram das profundezas da Terra naturalmente aquecidas, entre 32Cº e 37ºC, e assim, in natura, enchem banheiras e piscinas. As chamadas águas oligominerais radioativas têm gases radioativos, que são absorvidos pela pele ou inalados. Os banhos regulares, seguidos de repouso, trazem alívio a pacientes de estresse, de reumatismo, de cirurgias ortopédicas, de bronquite.

Os banhos orientam a rotina das férias: escolhe-se em que momento submergir, se cedo da manhã, no final da manhã ou no final da tarde, caso o hotel escolhido tenha horários estipulados, e onde, se nas banheiras dos quartos, nas cabines dos balneários internos, nas banheiras tipo jacuzzi para grupos ao ar livre ou nas piscinas. O que não falta em Gravatal é lugar para cair — e permanecer — na água.

Atrações em destaque

Dicas de quem já foi

Cursos Online
UOL Cursos Online

UOL Cursos Online

Todos os cursos