O Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek (tel: (61) 3364-9000, www.aeroportobrasilia.net) fica distante cerca de 12 km da região central de Brasília. Os táxis custam entre R$ 30 e R$ 50, dependendo do trajeto e dos horários. A linha executiva do Aeroporto tem partidas a cada 30 minutos, das 6h30 às 23h, levando os passageiros à Esplanada dos Ministérios, à rodoviária do Plano Piloto e aos setores hoteleiros Sul e Norte. Da rodoviária do Plano Piloto (tel: (61) 3327-4631) partem linhas de ônibus que levam a várias das atrações turísticas, mas os táxis são indispensáveis em Brasília, para ganhar tempo nos trajetos e sobretudo à noite. Brasília Rádio Táxi, tel: (61) 3344-1000, www.brasiliaradiotaxi.com.br

O city tour no ônibus turístico de dois andares dá uma boa ideia da distância a ser percorrida entre as principais atrações, como a Torre de TV, a Praça dos Três Poderes, o Palácio da Alvorada e o Memorial JK, entre outros. O ônibus parte do Shopping Brasília, diariamente, em vários horários: Catedral Turismo, tel: (61) 3201-1222 e (61) 9304-1992, www.catedralturismo.com.br

Como chegar

De carro

De São Paulo até Brasília são 1.011 km. O trajeto começa na Anhanguera-Bandeirantes e segue pelas rodovias BR-153 e BR-050, sem passar por Goiânia. Quem parte de Goiânia, a capital de Goiás, tem viagem de 209 km até a capital federal. O primeiro trecho até Anápolis, de cerca de 60 km, é percorrido na BR-153, chamada Transbrasiliana, e o restante na BR-060, a rodovia Belém-Brasília, até Taguatinga, cidade-satélite de Brasília.

De avião

Fazem voos regulares para Brasília as companhias Gol (tel: 0300 115 2121, www.voegol.com.br), TAM (tel: 4002-5700 e 0800 570 5700, www.tam.com.br), Avianca (tel: 4004-4040 e 0300 789 8160, www.avianca.com.br) e Azul (tel: 4003-1118 e 0800 887 1118, www.voeazul.com.br).

Como chegar ao estádio

De ônibus

O Estádio Nacional de Brasília (www.estadionacionaldebrasilia.com.br) fica na Asa Norte, distante apenas um quilômetro do setor hoteleiro Norte e a dois do setor hoteleiro Sul.  Da Torre da TV, parte a linha 151, que leve às proximidades do estádio. Mais informações sobre horários e trajetos com DFTrans (Transporte Urbano do Distrito Federal, tel: (61) 3224-0376, www.dftrans.df.gov.br).

De carro

A administração do Distrito Federal está fazendo um apelo para que os torcedores utilizem o transporte público até o Estádio Nacional de Brasília. Algumas pistas estarão restritas a veículos credenciados. Na Asa Norte, as vias de acesso são EPIA Norte, ERN, Eixinho L Norte e W3 Norte. Da Asa Sul, Via Estrutural, EPTG, W3 Sul, ERS e EPIA Sul. Informações sobre pontos de estacionamento no portal oficial do Estádio, tel: (61) 3313-5902, www.estadionacionaldebrasilia.com.br

De táxi

Dos setores hoteleiros Sul ou Norte, que ficam próximos do Estádio Nacional, um corrida de táxi vai custar em torno de R$ 12. Desde a Praça dos Três Poderes, R$ 15. Quem partir do Lago Paranoá, na região próxima do Palácio da Alvorada, rumo ao estádio de futebol vai pagar cerca de R$ 25. Brasília Rádio Táxi, tel: (61) 3344-1000, www.brasiliaradiotaxi.com.br

Qual a melhor época para ir?

Se possível, tente evitar os meses de inverno, de junho a agosto, quando o clima é tão seco que pede reposição insistente de líquidos. De outubro em diante, os tons de verde dos gramados, dos jardins e das folhas das árvores voltam à paisagem. O mês de setembro, com seu feriado nacional no dia 7, data da independência do Brasil, traz um dos eventos mais vistosos de Brasília, o desfile que inclui tropas militares, órgãos civis do governo e também o desfile em carro aberto da Presidência da República.

Informações extras

Portal do Governo do Distrito Federal: www.gdf.df.gov.br

Secretaria de Estado de Turismo: www.setur.df.gov.br

Código de acesso: 61

Informações turísticas: (61) 3214-2742 e 3214-2744

O que levar na bagagem

Protetor solar e creme hidratante para se proteger do calor e do ar seco do cerrado, calçados confortáveis (as distâncias entre os prédios principais são longas), óculos de sol, roupa de banho para as piscinas naturais do Parque Nacional e para um eventual  mergulho no Lago Paranoá. Não custa carregar uma garrafinha de água mineral. E leve algumas roupas sóbrias, formais ou quase, para se integrar melhor à solenidade dos salões nobres e plenários dos Três Poderes, durante as visitas guiadas.

Dicas de quem já foi

Dicas de quem já foi

UOL Cursos Online

Todos os cursos