UOL Viagem

Madame Mim

Mariana Eva monta trilha sonora divertida e cosmopolita

Da Redação

Divulgação

Madame Mim não voa de vassoura, mas ao som de Yelle

DESTAQUES

  1. Miranda
  2. Dirty Princess
  3. Sondre Lerche
  4. Jay Jay Johanson
  5. Los Super Elegantes
  6. Maria Daniela y Su Sonido Lasser
  7. Que Out
  8. Yelle
  9. Justice
  10. BabasónicosOuvir
Mariana Eva tem se destacado no underground com o projeto de eletropop Madame Mim. Nascida em Buenos Aires e moradora de São Paulo, aos 28 anos ela já viveu em sua cidade natal algumas vezes. "Aos 10, aos 12, aos 15", conta. A mãe mora no Rio, o pai vive em Floripa, então é natural que a moça goste de viajar. E a trilha sonora que acompanha Madame Mariana por aí é divertida e cosmopolita.

Quando está na areia, Madame Mim não usa o iPod com medo de a maresia estragar o aparelhinho. Mas ela cita duas bandas que combinam com a atmosfera "sol e mar": Sondre Lerche, da Noruega, e Jay Jay Johanson, da Suécia. "Eles têm um som um pouco mais acústico, é um eletrônico com um clima mais de praia mesmo", descreve.

No carro, pegando a estrada, a paisagem passando pela janela, Madame Mim tira de seu chapéu de bruxa o som de bandas como a argentina de pop eletrônico Miranda e as espanholas Dirty Princess e Superputa. "Essas últimas são muito trash, divertidas, ótimas para o carro", conta MM. Uma delas, inclusive, influenciou o produtor do Madame Mim, que hoje atende pelo simpático nome de Superputo.

Radiohead e Los Super Elegantes é o que Mariana acha bom para ouvir numa viagem de inverno. Aquelas para a montanha, acompanhada de um bom vinho. Os primeiros, conhecidos por muitos, fazem um rock de caráter mais introspectivo. Já os segundos são mexicanos moradores dos EUA e se denominam um grupo de "punk-mariachi-hip-pop".

E quando o passeio é de aventura? Para ela, a trilha da adrenalina é Maria Daniela y Su Sonido Lasser, grupo mexicano animado e dançante. Aqui ela cita também os argentinos do Que Out, assim como o MM, uma dupla de electropop bem dançante.

Apesar do nome de bruxa, Madame Mim não tem uma vassoura para viajar por aí. Então a ela resta pegar as filas nos aeroportos quando o destino é longe. Nesse caso, ela opta por um sonzinho animado. "Aí é bom ouvir Yelle, uma cantora francesa animada, que é ótima para distrair. Tem o Justice, também da França, que toca electro, e o Babasónicos, argentinos pop que têm umas letras bem bacanas." Babasónicos, inclusive, é uma banda que faz Madame Mim se lembrar de uma viagem marcante. "Quando ouço, remete à minha primeira viagem para a Inglaterra, há oito anos."

Quanto ao som do Madame Mim, segundo Mariana, seria uma boa trilha para viagens de mais adrenalina: "É som de pista, mas as crianças adoram. É bem animadinho. Acho que deve ser mais para uma aventura, mesmo", bate o martelo. Mariana Eva monta trilha sonora divertida e cosmopolita
Mais
Visite o site oficial de Madame Mim