UOL Viagem

Elba Ramalho

De biquíni, cantora paraibana vai de Bob Marley; antes da balada, a escolha é o blues

Da Redação

Divulgação

Elba gosta de ouvir sambas antigos quando viaja com o filho

Em pleno lançamento do disco "Qual o Assunto que Mais lhe Interessa", a cantora paraibana Elba Ramalho conta que o que interessa a ela, quando o assunto é viagem de carro, é Bob Marley: "Sou regueira, é Bob Marley na veia. Quando chego da praia e fico em casa de biquíni, é ele. Nenhum outro, reggae para mim é Marley, o resto é chato".

Elba conta que passa o verão em Trancoso, na Bahia, há 20 anos e que lá, à noite, o que pega é o forró. "Nessa hora curto muita coisa, Luiz Gonzaga, os trios, como Virgulino e Três do Nordeste, Flávio José, Maciel Mello", lista. "E à noite tem os momentos música clássica também. Adoro Chopin, é calmo, e Bach é tudo de bom. Às vezes quando acordo na praia gosto de colocar para ouvir também."

Na viagem, quando está curtindo um momento de ócio com o filho, o negócio é samba: "A gente monta umas listas com várias coisas antigas, vários discos. Vamos de Carmen Miranda a Clara Nunes. Ouvimos Ataulfo Alves, Ismael Silva, Zeca Pagodinho, Demônios da Garoa, Dalva Oliveira, Isaurinha. É muita coisa!"

E antes da balada, Elba pode ter o seu momento blues. "Depois que a gente já rezou a Ave-Maria, Vou de Billie Holiday e Ella Fitzgerald. Gosto das duas, mas prefiro a Billie", descreve. "E, claro, sempre tem aqueles momentos MPB, quando ouço no Lenine novo ou o novo de Gil, de Caetano."

E sabe o que faz Elba reviver a época em que ia muito para Búzios? Supertramp! Quando ouve a banda britânica, a cantora se lembra dos bons momentos que passou na praia fluminense lá nos divertidos anos 80. De biquíni, cantora paraibana vai de Bob Marley; antes da balada, a escolha é o blues
Mais
Leia a íntegra do Bate-papo com Elba Ramalho no UOL