UOL Viagem

Pedro Mariano

Tom Jobim, Genesis e Maxwell fazem parte da seleção do cantor

Da Redação
O cantor Pedro Mariano opta por músicas relaxantes, com especial atenção para o soul, jazz, instrumental e pop, apesar de afirmar não levar uma discotecagem obrigatória em seus passeios pelo mundo.

"O som nas viagens tem que ser 'cool', não é som de festa. Tom Jobim é sensacional, qualquer música", disse Mariano. Para ele, artistas como Earth, Wind and Fire, Maxwell e Weather Report também são indispensáveis nos repertórios para a estrada, mar ou ar.

Filho de Elis Regina e Cesar Camargo Mariano, o cantor aponta a música como trilha sonora para todos os momentos de sua vida. Segundo ele, há estilos certos para cada ocasião. "Tem música que não dá para ouvir nas viagens de carro, porque daqui a pouco você está a 150 [km/h]", comentou Mariano, que evita eletrônico e rock pesado ao dirigir.

"Uma vez, viajei com um amigo para Búzios ouvindo uma coletânea do Aerosmith, achei que ia bater, mas acabou casando bem. Foi com ele também que comecei a ouvir Genesis, que é bom para caramba para viajar", explicou. Por influência do companheiro, o disco "We Can't Dance" (1991), da ex-banda de Peter Gabriel e atual de Phil Collins, tornou-se um de seus favoritos.

Já nas viagens de avião, a trilha sonora é comumente baseada em Bill Evans e Ella Fitzgerald e faz vezes de terapia, com o auxílio dos MP3 players. "O iPod veio para suprir uma deficiência que eu tinha: o barulho da turbina. Lá em cima, tenho mania de ouvir coisas mais relaxantes. Só esperar o avião subir já é muito estressante", disse.

Mariano gosta de pegar os iPods dos amigos para comparar os repertórios. "Peguei o do [Jorge] Vercilo esses dias. É legal para ver como as pessoas tem gostos completamente diferentes", contou. Tom Jobim, Genesis e Maxwell fazem parte da seleção do cantor