UOL Viagem

Jean Wyllys

Vencedor do BBB5 busca conhecer cantoras locais quando viaja

Da Redação

Divulgação

Jean gosta tanto de música, que só deixa de ouvir suas trilhas quando escreve e faz sexo

Quando viaja, o "faro musical" de Jean Wyllys procura as cantoras dos lugares que visita. As vozes femininas exercem tamanho fascínio no baiano vencedor da edição de maior sucesso do "Big Brother Brasil", o "BBB5", que a sua trilha montada para o Som Para Viagem contém vários sucessos de Gal Costa, Daniela Mercury, Elba Ramalho, entre outras divas da MPB.

Wyllys se diz tão apaixonado por cantoras e mulheres que até pensou ser um "heterossexual enrustido" (entre risos). "Sou apaixonado por cantoras - a tal ponto que chego a pensar que aquela canção 'Voz de Mulher', de Sueli Costa, poderia ter sido feita para mim. A maioria das minhas viagens aconteceu no Brasil. Para cada cidade, busquei, em lojas ou na noite, as cantoras que faziam sucesso por lá. Tive gratas surpresas! No Maranhão, no final dos anos 80, conheci Rita Ribeiro. Conheci a Muni quando viajei para Porto Alegre. Patrícia Ahmaral quando estive pela primeira vez em Belo Horizonte. Miriam Maria em São Paulo. Existem outros exemplos, mas passaria um dia lembrando deles", diz.

Existem músicas que marcaram as viagens do professor. Uma delas é o bolero "Dez Anos", interpretado por Gal Costa (no disco Gal Tropical), numa viagem a Ouro Preto (MG). "Viajei em companhia de um amigo que adorava a música e me pedia para cantá-la o tempo todo. A música ficou a cara da viagem, principalmente depois que ele, meu amigo, morreu. Também fui a Porto Alegre em companhia de amigos e, cada vez que um gaúcho bonito passava, cantávamos 'Meu coração faz chica chica bom', aquele clássico do repertório de Carmen Miranda, que Ivete Sangalo recriou. Hoje, não posso ouvir a música sem lembrar daquela viagem alegre", afirma.

Para Wyllys, há músicas para determinados momentos da vida. "Em meu segundo livro, 'Ainda Lembro', há uma crônica chamada 'Preciso de trilha para viver', em que falo de minha relação com a música. Começo o texto com uma frase de 'Chama', sucesso de Joana: 'Sou das canções'. Eu sou tão musical e gosto tanto de música, principalmente de música brasileira, que os únicos momentos em que não estou ouvindo música é quando escrevo e faço sexo, senão me desconcentro, passo a prestar atenção na música, sobretudo se ela for cantada por uma mulher", diz.

Outra peculiaridade da seleção sonora de Jean é sua capacidade de se emocionar diante de uma bela paisagem ou obra de arte. "Quando viajo de volta para Salvador e vejo a Baía de Todos os Santos pela janela do avião, sempre lembro de uma canção que Caetano Veloso: 'Chegar a Bahia'. E, outro dia, vendo uma exposição em Paris, no Palais de Tókio, sobre a passagem do tempo, lembrei-me da canção 'Tempo Rei', de Gilberto Gil, na voz de Amelinha", conta.

Quando sai de viagem o vencedor do BBB 5 não dispensa uma ida a espetáculos que estão rolando nas cidades. "O show que mais me marcou foi Cunhã, de Rita Ribeiro, quando estive no Maranhão pela primeira vez. Fiquei em êxtase com a voz e a performance daquela mulher, que, para mim, é da linhagem de grandes cantoras brasileiras, como Dalva de Oliveira, Ângela Maria, Clara Nunes, Elis Regina, Gal Costa, Maria Bethânia, Alcione, Fafá de Belém, Marisa Monte, Daniela Mercury, Mônica Salmaso e Jussara Silveira. Rita Ribeiro era uma jovem com pouco mais de 20 anos, mas já surpreendia ao interpretar Villa-Lobos só ao som de tambores" lembra.

Jean ainda montou uma trilha com suas pedidas específicas para os viajantes em Salvador (BA), São Luís (MA), São Paulo (SP), Sete Povo das missões (RS) e Paris.

Na capital baiana, é imprescindível ouvir Gal Costa cantando "Na Baixa dos Sapateiros", ou Daniela Mercury, cantando "Ilê, Pérola Negra". Na capital do Maranhão, o vencedor do BBB5 indica "qualquer coisa de Rita Ribeiro". Já em São Paulo, não pode faltar Madonna ou Zeca Baleiro ou Chico César. Em Sete Povo Das Missões, o ideal, segundo Jean, é "Índia", com Gal Costa. Por fim, em Paris, Wyllys recomendar ter os clássicos franceses gravados por Elba Ramalho, Maysa, Selma Reis e Bibi Ferreira. Vencedor do BBB5 busca conhecer cantoras locais quando viaja