UOL Viagem

Edgar Scandurra

Guitarrista do Ira! opta por 'playlist' eclético na hora de viajar

Da Redação

Folha Imagem

Influências de artistas franceses e do rock americano estão entre as preferências do guitarrista

Na hora de viajar, o guitarrista do Ira! e compositor Edgard Scandurra prefere um 'playlist' baseado em diversos tipos de música - a maioria com referências francesas e várias provenientes do rock and roll americano. Do romantismo de Carla Bruni à fase reggae de Serge Gainsbourg, ou passando pelo som alternativo do Velvet Underground, as indicações são para momentos e companhias diferentes.

"Quando se chega ao destino numa viagem em turma é muito bom ouvir o disco 'Are You Experienced?' do Jimi Hendrix", diz. Em idas de carro a Minas Gerais, por exemplo, ele indica "Clube da Esquina", de Milton Nascimento. "Vai todo mundo cantando na certa!".

Para casais que viajam em família e só podem curtir momentos a dois depois que os filhos dormem, Scandurra aconselha tentar relaxar ao som romântico das doces canções da italiana Carla Bruni - que canta em francês, com voz e violão. Se memórias saudosistas vierem à tona e tudo ficar um tanto melancólico, vale a pena reviver os "arranjos bonitos e a leveza da virada dos anos 60 e 70" ao som de "Do You Wanna Dance?", do Johny Rivers.

Outras pedidas empolgantes são "Ecce Homo" e "Aux Armes", reggaes com a "poesia de Baudelaire", entoados por Serge Gainsbourg, que, segundo Scandurra, era bom em tudo o que tocava. Com Jane Birkin, o ator, compositor e diretor de cinema também lançou músicas apreciadas pelo guitarrista do Ira!, como "La Decadence" e "Je t'aime... moi non plus".

Se na viagem pintar balada, a dica é escutar o segundo cd da dupla francesa do Daft Punk, em especial a faixa "Emotion". "Eles são uma referência de como fazer música para pista ou tranqüila. É o melhor pop dos últimos dez anos", opina.

O guitarrista sugere também que os viajantes podem apostar no primeiro disco do Velvet Underground, cujo título é o nome da banda, e que tem uma banana na capa desenhada pelo artista plástico americano Andy Warhol, mentor intelectual do grupo. Neste álbum, a cantora alemã Nico ainda participava do projeto. Scandurra prefere as músicas cantadas por ela, como "Sunday Morning". "É uma coisa meio tosca. Comecei a me aprofundar recentemente", conta.

Outro francês que consta entre os favoritos do guitarrista é Eric Satie, compositor e pianista. "É muito minimal e econômico. Parece que uma criança que estuda piano há um ano pode tocar, mas também é muito inteligente por causa da simplicidade", explica.

Para finalizar, o compositor revela de onde nutre sua influência mod, tipo de música que ainda aprecia bastante: a 'Wait from the numbers', dos ingleses do 'The Jam'". Guitarrista do Ira! opta por 'playlist' eclético na hora de viajar