UOL Viagem

André Abujamra

Em sua trilha para viagem, músico e produtor coloca sons egípcios e Hermes Aquino

Da Redação

Ana Ottoni/Folha Imagem

André Abujamra monta trilha curta, mas interessante

A LISTA COMPLETA

  1. Rain DogsTom Waits
  2. Por El SueloManu Chao
  3. Fico LoucoItamar Assumpção, por Theo Werneck
  4. Castelos de AreiaPaulinho Moska
  5. Flor do IlêBanda Zazu
  6. Nuvem PassageiraHermes AquinoOuvir
  7. I'm Own GramdpaSpike Jones
"Puxa, vocês estão entrevistando a pessoa errada", foi a resposta que o músico e produtor André Abujamra deu quando indagado sobre que música escutava quando viajava. "Eu não escuto música, entende? Eu vivo dentro do estúdio fazendo trilha para teatro, cinema, publicidade. O meu ofício é criar", disse Abujamra.

A aparente contradição do comentário vai aos poucos sendo substituída por explicações curiosas a respeito dos seus hábitos de ouvinte. "É difícil eu parar para escutar música mesmo, de uns anos pra cá eu só escuto coisas estranhas, que eu baixo na Internet e não sei nem o nome. Na época do Napster, eu digitava qualquer negócio e vinha um monte de música que eu não tinha a menor idéia do que era, sobre o que falava. Vinham coisas da China, da Turquia, música brega tailandesa, sei lá", lembra o ocmpositor.

"O disco do Karnak, por exemplo, eu compus numa viagem ao Egito. Tem uma história engraçada a respeito. Eu estava andadando em um táxi quando escutei uma música que achei bacana. Acabei por comprar a fita do taxista e usei um pedacinho no disco. Até hoje não sei o que é", conta.

"Bom, mas trilha pra viagem? Gosto muito de tudo do Manu Chao, especialmente do 'Clandestino'. O que mais? O Tom Waits, tudo dele é muito bonito, muito triste", escolhe o músico. A seleção segue com "Rain Dogs". "Tem também uma versão de 'Fico Louco', uma música do Itamar que está num disco que o Theo Werneck está fazendo de blues roots", comenta Abujamra.

Depois de mais umas duas canções, o compositor entrega: "Ah, tem uma música que escutava sempre quando ia de carro pra Campinas com meu tio e que acabei de regravar". Abujamra cantarola: "Eu sou nuvem passageira, que com o vento se vai, eu sou como um cristal bonito... Sabe? Como era mesmo o nome do cara?", pergunta.

Quando parece dar por terminada sua curta e interessante lista com "Nuvem Passsageira", de Hermes Aquino, o artista completa: "Tem mais uma, 'I'm Own Grandpa', de um cantor da década de 50 chamado Spike Jonze, sobre a história familiar de um cara que termina por ser o seu próprio avô, muito boa".

Confira ao lado a seleção completa. Em sua trilha para viagem, músico e produtor coloca sons egípcios e Hermes Aquino