UOL Viagem

Yamandú Costa

Violonista escolhe "Zanzando em Copacabana" para sua trilha

Da Redação

Divulgação

O violonista Yamandú Costa gosta de ouvir músicas que lembram o Brasil

"Eu viajo muito e, por causa disso, grande parte das músicas que componho são feitas em aeroportos", diz o talentoso violonista gaúcho Yamandú Costa, enquanto dedilha seu violão de sete cordas. "Há por exemplo uma música que compus recentemente numa viagem a Helsinki, durante o "verão" deles, quando faz uns quatro graus. Fiz num quarto de hotel. É uma conversa entre um sapo e um grilo na lagoa, que não gravei ainda."

Sentado, com o instrumento ao colo, Yamandú considera que a música, antes de qualquer outra coisa, é a razão pela qual viaja tanto. O compositor está constantemente fazendo shows dentro e fora do país.

"É difícil escolher músicas para uma trilha, tenho muita coisa no meu iPod, cerca de 10 mil temas. Tem coisas que escuto sempre, outras nem tanto. Algo que gosto de ouvir quando viajo é "Zanzando em Copacabana", do Radamés Gnatalli, porque tem aquela coisa brasileira. É bom ouvir quando se está no exterior", conta, enquanto toca um trecho da canção.

"Gosto de músicas que me revelam paisagens. Tem uma coisa que o Paulinho da Viola me falou uma vez que traduz um pouco do espírito das músicas que escuto: 'A beleza está acima da alegria ou da tristeza'. Escuto coisas que possam me passar esse sentimento", conclui Yamandú.

Veja ao lado as dicas do compositor para quem quer muita emoção em sua viagem. Violonista escolhe "Zanzando em Copacabana" para sua trilha