Informações sobre o álbums
  • editoria:Internacionais
  • galeria: Sydney
  • link: http://viagem.uol.com.br/album/sydney_nyt_album.htm
  • totalImagens: 11
  • fotoInicial: 11
  • imagePath: http://v.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130729100343
    • Dicas de viagem [49119];
    • Austrália [5221]; Sydney [7320];
    • Praia [12972];
Fotos
Dixon Street, no coração da Chinatown em Sydney Tony Sernack/The New York Times Mais
Pato assado com salada de manga verde, do restaurante Spice I Am, em Sydney Tony Sernack/The New York Times Mais
Alguns dos melhores restaurantes vietnamitas, coreanos e tailandeses da cidade ficam no bairro frio de Darlinghurst, reconhecível por suas casas vitorianas e atmosfera pró-gay. Um popular estabelecimento tailandês é o Spice I Am, uma filial cheia de estilo de um restaurante delivery em Surry Hills Tony Sernack/The New York Times Mais
Vista geral de Manly Beach, em Sydney Tony Sernack/The New York Times Mais
Na hierarquia náutica, o balneário de Manly pode ser mais discreto do que a cultura de surfe mais chique de Bondi, mas isso exatamente o que o torna especial, começando pela rápida viagem de balsa 11 quilômetros ao norte da cidade Tony Sernack/The New York Times Mais
O gigantesco Sydney Fish Market continua sendo um mercado muito ativo de peixes e frutos do mar, com cerca de 100 espécies de peixes vendidas diariamente. Na foto, funcionária de Nicholas Seafoods segura um crustáceo da Tasmânia Tony Sernack/The New York Times Mais
Spice Temple, um restaurante em estilo chinoiserie que serve 12 coquetéis que levam os nomes dos signos do horóscopo chinês, é um dos estabelecimentos do chef Neil Perry Tony Sernack/The New York Times Mais
Os jovens da cidade prezam sua vida noturna e ninguém explorou melhor isso, de forma mais glamourosa, do que o chef Neil Perry. Em uma delas, a Rockpool Bar and Grill, 6.500 copos de coquetel estão pendurados de prontidão no balcão Tony Sernack/The New York Times Mais
Um pianista toca no piso térreo da loja David Jones na Elizabeth Street, em Sydney Tony Sernack/The New York Times Mais
Volte no tempo caminhando pelo Strand Arcade do século 19, a última das galerias comerciais vitorianas com domos de vidro, onde grifes australianas como Manning Cartell, Jayson Brunsdon e Little Joe by Gail Elliott se estabeleceram Tony Sernack/The New York Times Mais
Turistas apreciam a vista da Harbour Bridge. Com sua silhueta já lotada de arranha-céus e com seu lugar no palco mundial já estabelecido, Sydney parece estar no meio de uma revitalização histórica Tony Sernack/The New York Times Mais

Sydney

Mais álbuns de UOL Viagem x

Veja mais: 36 HORAS EM SYDNEY , GUIA DE SYDNEY , OUTROS 36 HORAS

Últimos álbuns de Viagem

UOL Cursos Online

Todos os cursos