Informações sobre o álbums
  • editoria:Outros
  • galeria: Passeio por Oxford revela inspirações para "Alice no País das Maravilhas"
  • link: http://viagem.uol.com.br/album/oxford_inglaterra_alicenopaisdasmaravilhas_album.htm
  • totalImagens: 78
  • fotoInicial: 78
  • imagePath: http://v.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130730131226
    • Dicas de viagem [49119];
    • Oxford [21015]; Inglaterra [5790]; Reino Unido [5787];
Fotos
Pátio central da Bodleian Library e da Divinity School. Fundada no século 17, a Bodleian é uma das primeiras bibliotecas da Europa, e todas as editoras da Grã-Bretanha são obrigadas a entregar a ela pelo menos uma cópia de tudo o que publicam Antonio Farinaci/UOL Mais
Funcionários fazem manutenção na fachada da Torre das Cinco Ordens, na Bodleian Library. O edifício tem esse nome por ser ornamentado ao estilo das cinco "ordens" da arquitetura clássica: dórica, toscana, jônica, coríntia e compósita Antonio Farinaci/UOL Mais
Radcliffe Camera, biblioteca de livros científicos, utilizada hoje como extensão e sala de leitura da Bodleian Library Antonio Farinaci/UOL Mais
Igreja de Santa Maria, a University Church. Na Idade Média, os alunos viviam na casa de seus professores, e a universidade não tinha uma sede. Essa igreja foi a primeira sede universitária de Oxford, por volta do século 13 Antonio Farinaci/UOL Mais
Fachada do All Souls College, em Oxford Antonio Farinaci/UOL Mais
Portão do All Souls College e detalhe do ornamento dourado do mesmo, em Oxford Antonio Farinaci/UOL Mais
Sheldonian Theater, edifício construído em 1664 pelo arquiteto Christopher Wren, tido pela Comissão Europeia como uma das "joias arquitetônicas" de Oxford Antonio Farinaci/UOL Mais
Ponte do Hertford College, também conhecida como Ponte dos Suspiros, por sua semelhança com a Ponte Rialto, em Veneza. A semelhança, no entanto, diz-se, não foi intencional. A ponte deveria apenas ser uma passagem coberta entre a ala velha e a nova da faculdade Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista do Sheldonian Theater a partir de uma das janelas da Divinity School Antonio Farinaci/UOL Mais
Detalhe do teto da Divinity School. Como forma de reconhecimento àqueles que patrocinaram a construção do edifício, seus monogramas e brasões de família foram usados como ornamentos arquitetônicos Antonio Farinaci/UOL Mais
Púlpito da Divinity School, onde os alunos de Oxford deviam defender seus trabalhos em acaloradas discussões em latim Antonio Farinaci/UOL Mais
Portas da faculdade de Filosofia Moral e da de Metafísica, no pátio interno da Bodleian Library e da Divinity School Antonio Farinaci/UOL Mais
Câmeras e outros equipamentos fotográficos utilizados por Lewis Carroll, expostos no Museu da História da Ciência, em Oxford. O autor de "Alice" era fotógrafo amador e realizou uma série de fotos de crianças enquanto viveu na cidade, entre elas da filha do reitor da Christ Church, Alice Liddell, que teria inspirado sua protagonista Antonio Farinaci/UOL Mais
Lousa utilizada por Albert Einstein durante palestra em Oxford, em 1931, um dos objetos mais famosos do Museu da História da Ciência da cidade Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista geral de uma das salas do Museu da História da Ciência, em Oxford, onde estão em exibição equipamentos fotográficos que pertenceram a Lewis Carroll Antonio Farinaci/UOL Mais
Equipamentos utilizados por Marconi no desenvolvimento do rádio; a peça foi doada ao museu pela Marconi Corporation Antonio Farinaci/UOL Mais
Entrada de uma das salas do Museu da História da Ciência, em Oxford, em que antigamente funcionava um laboratório, e onde estão em exibição hoje equipamentos fotográficos que pertenceram a Lewis Carroll Antonio Farinaci/UOL Mais
Barcos estacionados às margens do rio Cherwell, onde Lewis Carroll costumava fazer passeios de barco com as três filhas do reitor da Christ Church, entre elas Alice Liddell, que teria inspirado sua personagem principal em "Alice no País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Entrada do J de Oxford, local que fica nas proximidades dos rios Tâmisa e Cherwell, onde Lewis Carroll costumava fazer passeios de barco com Alice Liddell, que teria inspirado sua personagem principal em "Alice no País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista da Christ Church a partir do caminho que leva às margens dos rios Cherwell e Tâmisa, onde Lewis Carroll costumava fazer passeios de barco com as três filhas do reitor da Christ Church, entre elas Alice Liddell, que teria inspirado sua personagem principal em "Alice no País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista do rio Cherwell a partir de caminho que leva à Ponte Magdalen, Carroll costumava fazer caminhadas nesta área e levava Alice Liddell e suas irmãs para passeios de barco no rio Antonio Farinaci/UOL Mais
Passeio à margem do rio Cherwell, em direção ao Tâmisa; Carroll fazia caminhadas por esta região com as filhas do reitor da Christ Church, entre elas Alice Liddell, que teria inspirado sua heroína Antonio Farinaci/UOL Mais
Passeio à margem do rio Cherwell, em direção ao Tâmisa; Carroll fazia caminhadas por esta região com as filhas do reitor da Christ Church, entre elas Alice Liddell, que teria inspirado sua heroína Antonio Farinaci/UOL Mais
Passeio à margem do rio Cherwell, em direção ao Tâmisa; Carroll fazia caminhadas por esta região. Ao fundo, vê-se a Ponte Magdalen, que marca o encontro com as águas do rio Tâmisa Antonio Farinaci/UOL Mais
Remadores treinam no rio Tâmisa no ponto em que este recebe as águas do Cherwell; Lewis Carroll teria criado "Alice no País das Maravilhas" durante passeios de barco nesses rios Antonio Farinaci/UOL Mais
Ponto em que o rio Tâmisa recebe as águas do Cherwell; Lewis Carroll teria criado "Alice no País das Maravilhas" durante passeios de barco nesses rios Antonio Farinaci/UOL Mais
A Ponte Magdalen (esq.) marca o ponto em que o rio Cherwell deságua no Tâmisa; Lewis Carroll teria criado "Alice no País das Maravilhas" durante passeios de barco nesses rios Antonio Farinaci/UOL Mais
Gansos passeiam com filhotes pela margem do caminho que ladeia o rio Tâmisa em Oxford Antonio Farinaci/UOL Mais
Lewis Carroll costumava começar seus passeios de barco pelo Tâmisa no ponto em que hoje há esta casa de tijolinhos; agora o local abriga uma agência de barcos que reproduzem o trajeto do escritor Antonio Farinaci/UOL Mais
Alameda de carvalhos que leva das margens do Tâmisa de volta à Christ Church; Carroll e Alice faziam esse caminho após seus passeios de barcos no rio Antonio Farinaci/UOL Mais
A tradução de "ox" em português é gado, "ford" é o nome dado ao local de um rio em que a água é rasa o suficiente para ser atravessada a pé. Diz-se que a cidade foi nomeada por causa deste local, próximo ao encontro do Cherwell com o Tâmisa, em que era possível fazer a travessia do gado Antonio Farinaci/UOL Mais
Nesta casa, localizada logo em frente a uma das entradas da Christ Church, na St. Aldate's, fica o local onde funcionou um dia uma loja de doces em que Lewis Carroll levava Alice e suas irmãs para comprar balas Antonio Farinaci/UOL Mais
Fachada da Christ Church; Lewis Carroll teria passado seus últimos dias no quarto da segunda janela à direita depois das torres, no primeiro andar Antonio Farinaci/UOL Mais
Entrada principal da Christ Church, faculdade em que Lewis Carroll passou a maior parte de sua vida, mesmo após ter-se formado Antonio Farinaci/UOL Mais
Capiteis do Museu de História Natural, com motivos de coelhos e uvas Antonio Farinaci/UOL Mais
Vitrine do Museu de História Natural de Oxford dedicada a Lewis Carroll e seu "Alice no País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Vitrine do Museu de História Natural de Oxford dedicada ao dodo, o mais famoso dos animais extintos após a pré-história. Espécie de pombo que habitou as ilhas Maurício até 1680, um espécime empalhado foi doado ao museu e imortalizado por Lewis Carroll em "Alice" Antonio Farinaci/UOL Mais
Fachada do Museu de História Natural de Oxford, que guarda partes de um dodo mumificado. A ave, imortalizada por Carroll em seu "Alice", é vista por muitos como um alterego do escritor. Diz-se que ele era ligeiramente gago e engasgava ao pronunciar seu próprio sobrenome, Dodgson, dizendo "do-dodgson" Antonio Farinaci/UOL Mais
Pátio interno da faculdade Christ Church, em que Charles Dodgson (1832-1898), ou Lewis Carroll, viveu dos 17 anos até a morte. Lá ele conheceu o reitor Henry Liddell e sua filha Alice Liddell, que inspiraria seu livro mais famoso, "Alice no País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Prateleiras da biblioteca de Christ Church, onde Lewis Carroll trabalhou como sub-bibliotecário Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista geral do interior da biblioteca de Christ Church, onde Lewis Carroll trabalhou como sub-bibliotecário Antonio Farinaci/UOL Mais
Detalhe do teto da biblioteca de Christ Church, onde Lewis Carroll trabalhou como sub-bibliotecário Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista da janela do escritório de Lewis Carroll na biblioteca de Christ Church, de onde podia ver o jardim em que brincava Alice Liddell, filha do reitor, e suas irmãs. A amizade de Carroll com a menina o teria inspirado a escrever "Alice no País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista geral da faculdade Christ Church, em Oxford, em que Charles Dodgson (1832-1898), ou Lewis Carroll, viveu por quase 50 anos. Lá ele conheceu o reitor Henry Liddell e sua filha Alice Liddell, que inspiraria seu livro mais famoso, "Alice no País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Lápide em homenagem a alunos da Christ Church mortos na 1a Guerra Mundial; em destaque, à direita, o nome de Leopold Reginald Hargreaves, filho de Alice Liddell, musa de Lewis Carroll. Alice deu ao filho o mesmo nome do filho mais novo da rainha Vitória, com quem, dizem, ela teria tido um romance Antonio Farinaci/UOL Mais
Interior da Catedral de Christ Church, trono do bispo de Oxford, e detalhe de vitral desenhado pelo artista inglês Edward Burne-Jones Antonio Farinaci/UOL Mais
Retrato de Charles Dodgson, ou Lewis Carroll, no refeitório da faculdade Christ Church Antonio Farinaci/UOL Mais
Detalhe de vitral do refeitório da faculdade Christ Church em que estão "escondidos" personagens do livro "Alice no País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Detalhe de vitral do refeitório da faculdade Christ Church em que se pode ver um retrato de Alice Liddell dentro de um círculo amarelo e uma ilustração de Alice com o flamingo, no canto inferior esquerdo Antonio Farinaci/UOL Mais
Detalhe de vitral do refeitório da faculdade Christ Church em que se pode ver um retrato de Charles Dodgson (Lewis Carroll) dentro de um círculo amarelo e uma ilustração do dodo, no canto inferior direito, personagem com o qual se identificava Antonio Farinaci/UOL Mais
Detalhe de vitral do refeitório da faculdade Christ Church em que podem ser vistos personagens do livro "Alice no País das Maravilhas", no canto inferior Antonio Farinaci/UOL Mais
Detalhe de vitral do refeitório da faculdade Christ Church em que podem ser vistos personagens do livro "Alice no País das Maravilhas", no canto inferior Antonio Farinaci/UOL Mais
Escadaria de acesso ao refeitório da faculdade Christ Church; diz-se que as espirais da escada teriam inspirado a descrição do buraco do coelho em "Alice" de Lewis Carroll Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista geral do refeitório da faculdade Christ Church; este mesmo salão foi utilizado como referência para os filmes da série "Harry Potter", para o refeitório de Hogwarts Antonio Farinaci/UOL Mais
Detalhe da mesa posta no refeitório da faculdade Christ Church; a porcelana branca traz o brasão da faculdade em azul e os guardanapos trazem o monograma "Ch-Ch" da instituição Antonio Farinaci/UOL Mais
Lareira do refeitório da faculdade Christ Church e detalhe dos aparadores de brasas em formas que lembram um boneco de pescoço longo; esse objeto teria inspirado o episódio em que Alice cresce dentro da casa e seu pescoço fica longo Antonio Farinaci/UOL Mais
Misterioso retrato na parede do refeitório da faculdade Christ Church que dá a impressão de acompanhar o observador não apenas com os olhos mas com o movimento da cabeça Antonio Farinaci/UOL Mais
Espécie de castanheira centenária no jardim interno da Christ Church; a árvore teria inspirado o monstro Jabberwock (Jaguadarte, em português) de "Alice Através do Espelho" Antonio Farinaci/UOL Mais
Misterioso galho que se liga ao tronco principal da árvore em dois pontos; esta espécie de castanheira, no jardim interno da Christ Church, teria inspirado o monstro Jabberwock (Jaguadarte, em português) de "Alice Através do Espelho" Antonio Farinaci/UOL Mais
Tronco robusto de uma castanheira no jardim interno da Christ Church; essa árvore teria inspirado o monstro Jabberwock (Jaguadarte, em português) de "Alice Através do Espelho" Antonio Farinaci/UOL Mais
Canteiro de tulipas no jardim interno da Christ Church; as flores dos jardins da instituição inspiraram as plantas falantes de "Alice Através do Espelho" Antonio Farinaci/UOL Mais
A florzinha cabisbaixa no canteiro interno da Christ Church é uma fritillaria; as flores dos jardins da instituição inspiraram as plantas falantes de "Alice Através do Espelho" Antonio Farinaci/UOL Mais
Canteiro de galantos no jardim interno da Christ Church; as flores dos jardins da instituição inspiraram personagens e cenários de "Alice Através do Espelho" Antonio Farinaci/UOL Mais
Narciso, primeira flor a abrir na primavera, no jardim interno da Christ Church; as flores dos jardins da instituição inspiraram personagens e cenários de "Alice Através do Espelho" Antonio Farinaci/UOL Mais
Por serem muito pesados, os troncos do "Jabberwock" precisaram, com o tempo, de escoras Antonio Farinaci/UOL Mais
Porta que serviu de inspiração para a "porta da rainha Alice", de "Alice Através do Espelho"; hoje ela é a porta da loja da Christ Church Antonio Farinaci/UOL Mais
Canteiro de narcisos no "jardim proibido", local ao qual Alice Liddell e as irmãs não tinham acesso; o jardim foi usado como inspiração para cenários do filme "Alice" de Tim Burton Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista geral do "jardim proibido", local ao qual Alice Liddell e as irmãs não tinha acesso; o jardim foi usado como inspiração para cenários do filme "Alice" de Tim Burton Antonio Farinaci/UOL Mais
Porta que separa o "jardim proibido" e o jardim em que Alice Liddell e as irmãs brincavam; esta porta inspirou o episódio da porta que Alice precisa abrir ao chegar no "País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Janelas de aposentos de internos da Christ Church vistos do "jardim proibido"; essas edificações foram usadas como inspiração para os cenários do filme "Alice" de Tim Burton Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista geral do "jardim proibido", local ao qual Alice Liddell e as irmãs não tinha acesso; o jardim foi usado como inspiração para cenários do filme "Alice" de Tim Burton Antonio Farinaci/UOL Mais
Janelas de aposentos de internos da Christ Church vistos do "jardim proibido"; as janelas para além do muro pertenciam aos quartos da família do reitor, pai de Alice Liddell, musa de Lewis Carroll Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista geral do "jardim proibido", local ao qual Alice Liddell e as irmãs não tinha acesso; o jardim foi usado como inspiração para cenários do filme "Alice" de Tim Burton Antonio Farinaci/UOL Mais
Canteiro de narcisos no "jardim proibido", local ao qual Alice Liddell e as irmãs não tinha acesso; o jardim foi usado como inspiração para cenários do filme "Alice" de Tim Burton Antonio Farinaci/UOL Mais
Vista do pátio central da faculdade Christ Church, em que Charles Dodgson, ou Lewis Carroll, estudou, trabalhou e viveu durante quase 50 anos. O edifício e as pessoas que ali conheceu inspiraram sua obra mais conhecida, "Alice no País das Maravilhas" Antonio Farinaci/UOL Mais
Porta da residência do reitor de Christ Church na faculdade. Aí viveram Alice Liddell e sua família. Do outro lado do pátio central ficavam os aposentos de Charles Dodgson, ou Lewis Carrolls Antonio Farinaci/UOL Mais
Túmulo dos pais de Alice Liddell, musa inspiradora de "Alice no País das Maravilhas", de Lewis Carroll Antonio Farinaci/UOL Mais
Fundos da catedral de Christ Church, com cemitério de reitores e de seus familiares; os pais de Alice Liddell e uma de suas irmãs estão enterrados aí Antonio Farinaci/UOL Mais

Passeio por Oxford revela inspirações para "Alice no País das Maravilhas"

Mais álbuns de UOL Viagem x

Veja mais: INFLUÊNCIAS EM OXFORD , GUIA DE DESTINOS: LONDRES

Últimos álbuns de Viagem

UOL Cursos Online

Todos os cursos