Informações sobre o álbums
  • editoria:Internacionais (Guia)
  • galeria: Córdoba
  • link: http://viagem.uol.com.br/album/guia/cordoba_album.htm
  • totalImagens: 58
  • fotoInicial: 12
  • imagePath: http://v.i.uol.com.br/album/guia/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130729101358
    • Dicas de viagem [49119];
    • Argentina [5238]; Córdoba [57698];
    • Guia de viagem [55354];
Fotos
Basílica de la Merced
O púlpito barroco, de 1776, da Basílica de la Merced é um dos destaques do centro histórico de Córdoba Eduardo Vessoni/UOL Mais
Museu de Bellas Artes
O Museu de Bellas Artes de Córdoba, no centro da Argentina, possui um acervo com mais de 500 obras, como essa escultura de ferro feita pelo artista Carlos Penteado Eduardo Vessoni/UOL Mais
Casa-museu de Che
Visitante fotografa quadros com imagens de Ernesto "Che" Guevara no museu dedicado ao jovem revolucionário que passou parte de sua infância em Alta Gracia, cidade serrana a 36 km da capital cordobesa Eduardo Vessoni/UOL Mais
Museo de la Ciudad
As antigas galerias subterrâneas de Córdoba que serviram de penitenciária abrigam, atualmente, o Museo de la Ciudad Eduardo Vessoni/UOL Mais
Cabildo de Córdoba
Visitantes circulam pela lateral do Cabildo de Córdoba. Esse casarão colonial do final do século 18, que já foi penitenciária e Casa do Governo, é sede do Museo de la Ciudad Eduardo Vessoni/UOL Mais
Cabildo
Arte e história estão presentes nos principais pontos da cidade como nessa sala anexa ao Cabildo dedicada aos desaparecidos durante o período militar argentino, de 1969 a 1983. O local funcionou como um centro clandestino de tortura Eduardo Vessoni/UOL Mais
Catedral de Córdoba
Vista parcial da Catedral de Córdoba. Inaugurada em 1784, a construção foi eleita uma das sete maravilhas da cidade Eduardo Vessoni/UOL Mais
Casa-museu de Che
Fachada de uma das casas onde viveu Ernesto Guevara. O local, em Alta Gracia, é sede do museu dedicado ao jovem revolucionário e conta com objetos, fotos e móveis da época em que "Ernestito" foi para a cidade por recomendação médica Eduardo Vessoni/UOL Mais
Alta Gracia
Casarões do século passado da Villa Nydia, em Alta Gracia, completam o circuito histórico por essa pequena cidade das Sierras Chicas, na região serrana de Córdoba Eduardo Vessoni/UOL Mais
Compañía de Jesus
Pedestres circulam próximos à lateral da Compañía de Jesus, igreja de 1671 que faz parte da Manzana Jesuítica. Esse templo religioso é considerado o mais antigo da Argentina Eduardo Vessoni/UOL Mais
Paseo del Buen Pastor
Escultura localizada na entrada do Paseo del Buen Pastor, em Nueva Córdoba, bairro próximo ao centro histórico da cidade. Esse centro cutural funcionou, até o final do século 19, como presídio feminino Eduardo Vessoni/UOL Mais
"Los Capuchinhos"
Essa impressionante construção de estilo gótico é outro destaque de Córdoba. Conhecida como "Los Capuchinhos", a igreja do Sagrado Corazón de Jesús chama a atenção do visitante por suas cores e detalhes da fachada Eduardo Vessoni/UOL Mais
Capela
A capela das irmãs do Buen Pastor é uma das opções do circuito histórico da capital cordobesa. No local, funciona também um centro cultural com exposições de arte contemporânea Eduardo Vessoni/UOL Mais
Museu de Bellas Artes
Escadaria principal do Museu de Bellas Artes de Córdoba, localizado em um casarão em estilo francês, construído em 1916 para servir de residência para uma família local. O local chegou a ter 37 quartos e 19 banheiros Eduardo Vessoni/UOL Mais
Museo Superior de Bellas Artes Evita
Visitantes descansam no hall social do Museo Superior de Bellas Artes Evita, uma das sete maravilhas de Córdoba. O local conta com um acervo de mais de 500 obras produzidas entre o século 19 e os dias de hoje Eduardo Vessoni/UOL Mais
Museu de Bellas Artes
Fachada do Museu Bellas Artes da capital cordobesa. Os destaques desse casarão do início do século passado são o hall, com sua escada principal feita em mármore, e os balcões que rodeiam a antiga residência da família Ferreyra Eduardo Vessoni/UOL Mais
"Emilio Caraffa"
A capital cordobesa conta com dois museus de Belas Artes como o "Emilio Caraffa", edifício de 1915 construído em estilo neoclássico. O local é sede de exposições de arte, mesas redondas e oficinas culturais Eduardo Vessoni/UOL Mais
Paseo de las Artes
A feira do Paseo de las Artes é um dos pontos de encontros de jovens, hippies e artistas de Córdoba. O local conta com barracas de artesanato, lojas de antiguidades e bares com música ao vivo Eduardo Vessoni/UOL Mais
Bairro Güemes
O bairro Güemes, na capital de Córdoba, concentra restaurantes e bares voltados para o público descolado que frequenta o Paseo de las Artes, feira de artesanato que acontece aos finais de semana Eduardo Vessoni/UOL Mais
Bairro Güemes
A vida noturna de Córdoba acontece nos bares e restaurantes do bairro Güemes. O turista encontra boas opções de pratos locais com preços convidativos para o turista brasileiro Eduardo Vessoni/UOL Mais
La Cañada
Considerada um dos principais símbolos de Córdoba, La Cañada é ponto de encontro de jovens e artistas que frequentam o bairro Güemes, próximo à feirinha de artesanato do Paseo de las Artes. A obra foi construída em 1944 para evitar as inundações que costumavam atingir as casas locais Eduardo Vessoni/UOL Mais
Catedral cordobesa
A catedral cordobesa, inaugurada em 1784, é considerada uma das sete maravilhas da cidade. Sua construção reúne estilos como o neoclássico, o barroco e o românico Eduardo Vessoni/UOL Mais
Igreja Companhia de Jesus
Entrada principal da igreja Companhia de Jesus, templo jesuítico construído em 1671. Sua arquitetura externa simples feita em pedra contrasta com a riqueza interior de suas dependências Eduardo Vessoni/UOL Mais
Universidade Nacional de Córdoba
Detalhe do relógio localizado no pátio das antigas instalações da Universidade Nacional de Córdoba. Esse importante centro acadêmico de 1613 é classificado como a quarta universidade americana Eduardo Vessoni/UOL Mais
Universidade Nacional de Córdoba
A visita guiada ao edifício da Universidade Nacional de Córdoba inclui o imponente Salón de Grados, onde acontecem as defesas de doutorado desse importante centro acadêmico da Argentina Eduardo Vessoni/UOL Mais
Universidade Nacional de Córdoba
Vista parcial dos corredores do claustro da Universidade Nacional de Córdoba. O local pode ser visitado com o acompanhamento de guias bilingues Eduardo Vessoni/UOL Mais
Universidade Nacional de Córdoba
A Universidad Nacional de Córdoba abriga uma impressionante biblioteca com obras jesuíticas que conta com livros do final do século 16. Na foto, um dos raros exemplares de uma bíblia de 1645 escrita em nove idiomas Eduardo Vessoni/UOL Mais
Librería Jesuítica
A Librería Jesuítica conta com um acervo de 2.500 obras trazidas pelos jesuítas e tem visita monitorada. Os destaques são as obras raras escritas a partir do final do século 16 e uma edição parisiense de uma bíblia, escrita em 1645 Eduardo Vessoni/UOL Mais
Cripta Jesuítica
A Cripta Jesuítica é um dos locais turísticos mais misteriosos do centro histórico da capital cordobesa. Essa atração subterrânea serviu como um local de oração e penitência para os jesuítas noviços que chegaram a Córdoba, em 1599 Eduardo Vessoni/UOL Mais
Cripta Jesuítica
Sob o atual museu da Cripta Jesuítica existem três metros de profundidade que estão sendo investigados por estudiosos. O museu oferece, hoje, objetos, quadros e documentos do período jesuítico na região Eduardo Vessoni/UOL Mais
Alfajores Chammas
Os alfajores Chammas são as clássicas guloseimas de doce leite típicas de Córdoba. Feitos de forma artesanal, são produzidos desde 1869 Eduardo Vessoni/UOL Mais
Shopping Patio Olmosdesta
As instalações do shopping Patio Olmosdesta estão em um edifício histórico de Córdoba que funcionou como sede da Aduana Seca de la Ciudad. É considerado o portal de entrada ao bairro Nueva Córdoba Eduardo Vessoni/UOL Mais
Teatro San Martín
Fachada do Teatro San Martín, o teatro em atividade mais antigo da Argentina. Inaugurado em 1891, foi concebido como um autêntico coliseu lírico, garantindo-lhe a fama de ter uma das melhores acústicas do país Eduardo Vessoni/UOL Mais
Catedral
A capital de Córdoba conta com ônibus de estilo inglês que passam por pontos turísticos da cidade, como a Catedral Eduardo Vessoni/UOL Mais
Ordem das Carmelitas Descalzas
Desde o século 17, essa igreja discreta de tons rosados é abrigo das monjas enclausuradas da Ordem das Carmelitas Descalzas. O local conta com um museu de arte religiosa Eduardo Vessoni/UOL Mais
Chivito
As serras cordobesas oferecem pratos típicos argentinos como o <i>chivito</i>, uma espécie de pequeno cabrito servido em diversos restaurantes da região Eduardo Vessoni/UOL Mais
La Cumbresita
La Cumbresita é uma das boas opções de turismo nas Sierras Grandes, a 125 km de Córdoba. Essa cidade, de origem alemã, oferece atividades como trekking e banhos em rios e cachoeiras Eduardo Vessoni/UOL Mais
Balneário La Olla
O balneário La Olla é uma das opções de ecoturismo na região serrana de Córdoba. A atração, localizada em La Cumbresita, está em uma área de proteção ambiental Eduardo Vessoni/UOL Mais
La Cumbresita
La Cumbresita, a 125 km da capital cordobesa, recebe o visitante com construções alpinas e hotéis feitos no meio dos bosques em uma área de proteção ambiental Eduardo Vessoni/UOL Mais
General Belgrano
Outro destino serrano procurado por argentinos e estrangeiros é General Belgrano, uma vila fundada em 1932 por imigrantes alemães, suíços e austríacos. O destaque local são as cervejas artesanais e a pitoresca arquitetura baviera Eduardo Vessoni/UOL Mais
Villa General Belgrano
Villa General Belgrano, no vale de Calamuchita, é sede da tradicional festa da cerveja que acontece na cidade em outubro. Localizada a 88 km da capital, a vila é famosa pelas fábricas de cerveja artesanal Eduardo Vessoni/UOL Mais
Torre do Relógio
Do alto da Torre do Relógio da Villa General Belgrano, a 88 km de Córdoba, o visitante tem uma boa visão panorâmica das serras do Valle de Calamuchita Eduardo Vessoni/UOL Mais
Museu Hippie
Peça exposta no Museu Hippie, em San Marcos Sierras. O museu, único do gênero no mundo, foi inaugurado há oito anos e conta com uma curiosa exposição de objetos e roupas do período hippie dos anos 60 Eduardo Vessoni/UOL Mais
Dique Los Molinos
O dique Los Molinos é parada obrigatória para quem circula pelo Valle de Calamuchita, região serrana de Córdoba. Nos dias mais quentes, é possível praticar esportes náuticos Eduardo Vessoni/UOL Mais
Dique Los Molinos
Dique Los Molinos e parte do Valle de Calamuchita visto do alto. O local faz parte do roteiro de quem sobe as serras de Córdoba em direção a pequenas vilas como La Cumbresita e General Belgrano Eduardo Vessoni/UOL Mais
Iglesia Jesuítica de Alta Gracia
Fachada da Iglesia Jesuítica de Alta Gracia, de 1723. Essa construção, anexada à fazenda jesuítica da cidade, faz parte de uma região declarada pela UNESCO Patrimônio Mundial Eduardo Vessoni/UOL Mais
Museo de la Estancia Jesuítica
Jardim de acesso ao Museo de la Estancia Jesuítica de Alta Gracia, 36 km de Córdoba. O local funciona em uma antiga residência organizada pelos jesuítas a partir de 1643 Eduardo Vessoni/UOL Mais
Torre do Relógio
Torre do Relógio localizada no centro de Alta Gracia. Localizada na região das Sierras Chicas, a cidade é considerada um dos centros turísticos mais importantes de Córdoba Eduardo Vessoni/UOL Mais
Estancia Jesuítica de Alta Gracia
Obras de arte estão expostas na Estancia Jesuítica de Alta Gracia, a 36 km da capital cordobesa. Em 2000, a região foi declarada Patrimônio da Humanidade Eduardo Vessoni/UOL Mais
Alta Gracia
Alta Gracia, próxima à capital cordobesa, é considerada um dos centros turísticos mais importantes da província devido aos seus dois mais famosos atrativos turísticos: a arquitetura jesuítica e a casa de Che Guevara Eduardo Vessoni/UOL Mais
Tren de las Sierras
As serras de Córdoba podem ser visitadas de trem, em uma bela viagem de duas horas de duração até Cosquín, no Valle de Punilla. O tradicional Tren de las Sierras passa por pequenas cidades serranas como Bialet Massé e Santa María de Punilla Eduardo Vessoni/UOL Mais
Tren de las Sierras
Passageiros do Tren de las Sierras observam paisagem serrana durante passeio de duas horas até Cosquín, no Valle de Punilla Eduardo Vessoni/UOL Mais
Gastronomia
O estilo alternativo e naturalista de San Marcos Sierras, vilarejo hippie localizado no Valle de Punilla, a 153 km da capital cordobesa Eduardo Vessoni/UOL Mais
San Marcos Sierras
Nos anos 70, San Marcos Sierras atraiu artistas e intelectuais hippies que buscavam abrigo e sossego longe da repressão do governo militar argentino, dando origem a diversas comunidades hippies Eduardo Vessoni/UOL Mais
Praça Cacique Tulián
Turistas circulam entre as barracas da feira artesanal que acontece, diariamente, na praça Cacique Tulián, em San Marcos Sierras. Esse vilarejo hippie está localizado a 153 km de Córdoba Eduardo Vessoni/UOL Mais
Cerro de la Cruz
Visitantes chegam ao mirante do Cerro de la Cruz, uma das atrações naturais de San Marcos Sierras, vilarejo na região serrana de Córdoba Eduardo Vessoni/UOL Mais
Serras cordobesas
Serras e vales cercados por arroios e lagoas são os grandes atrativos de Córdoba, uma região ainda tão pouco difundida entre turistas brasileiros Eduardo Vessoni/UOL Mais
San Marcos Sierras
San Marcos Sierras, vilarejo serrano de fortes influências hippies, é o lugar ideal para quem procura turismo ecológico e alternativo Eduardo Vessoni/UOL Mais

Córdoba

Mais álbuns de UOL Viagem x

Veja mais:

Últimos álbuns de Viagem

UOL Cursos Online

Todos os cursos