Informações sobre o álbums
  • editoria:Nacionais (Guia)
  • galeria: Aiuruoca
  • link: http://viagem.uol.com.br/album/guia/aiuruoca_album.htm
  • totalImagens: 67
  • fotoInicial: 67
  • imagePath: http://v.i.uol.com.br/album/guia/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130730140559
    • Dicas de viagem [49119];
    • Aiuruoca [50666]; Minas Gerais [5097]; Brasil [5109];
Fotos
Herbie 53
Aiuruoca tem seu próprio Herbie 53, um divertido táxi. O veículo circula pelas achoeiras e atrações da região com segurança Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Cachoeira do Fundo
O acesso para a Cachoeira do Fundo, a maior do Vale do Matutu, leva uma hora e meia de caminhada. São 120 metros de queda d?água e é recomendado que a visita seja feita com um guia turístico Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Cachoeira do Tombo
Ponte pêncil possibilita a travessia a Cachoeira do Tombo, em Aiuruoca Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Cachoeira do Tombo
Rapel na Cachoeira do Tombo é uma opção de atividade de aventura próxima à cidade de Aiuruoca Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Corpus Christi
Feitos especialmente para a procissão de Corpus Christi, tapetes de serragem colorida ganham as ruas de Aiuruoca Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Corpus Christi
Enfeitadas com tapetes de flores, as ruas de Aiuruoca aguardam a procissão de Corpus Christi Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Cavalgadas
Há diversos roteiros para quem quiser explorar Aiuruoca a cavalo Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Cavalgadas
Com o Pico do Papagaio ao fundo, grupo se prepara para uma travessia a cavalo pelas Serras de Aiuruoca Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Carnaval
Uma semana antes do resto do Brasil, a programação carnavalesca de Aiuruoca atrai foliões de todas as partes do país Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Pico do Papagaio
Depois de caminhar por quatro horas, grupo descansa no topo do Pico do Papagaio, com direito a uma vista de 360º Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Cachoeira dos Garcias
Misturando técnicas de rapel e tiroleza, turista desce a Cachoeira dos Garcias, uma das mais visitada de Aiuruoca Arquivo MMA Ecoturismo Pousada Ajuru Mais
Estrada Real
A caminho de Aiuruoca, esta placa sinaliza a região da Estrada Real. O cmainho foi construído no século 17 para escoar o ouro de Vila Rica (Ouro Preto) ao porto de Paraty. Diversas cidades, como estas indicadas, surgiram às suas margens Guilherme Andrade/UOL Mais
Estradas
Para chegar às cachoeiras de Aiuruoca é preciso entrar na zona rural. Evite visitar o local em caso de chuva, pois a estrada de acesso pode ficar perigosa Guilherme Andrade/UOL Mais
Frutas
A gariroba, uma frutinha silvestre típica de Aiuruoca, tem gosto de goiaba Guilherme Andrade/UOL Mais
Frutas
Amora verde silvestre, à beira de uma trilha em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira da Lage
De fácil acesso, a Cachoeira da Lage é uma boa opção de passeio próximo da cidade de Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira Duas Quedas
No mesmo roteiro da Cachoeira da Lage, a Cachoeira Duas Quedas oferece duchas refrescantes aos turistas de Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Pau-Brasil
Detalhe da resina vermelha na casca de Pau-Brasil, usada antigamente para tingir tecidos. Em tempos coloniais, a extração da árvore que deu o nome ao nosso país quase levou a espécie à extinção Guilherme Andrade/UOL Mais
Pau-Brasil
Árvore remanescente de Pau-Brasil (Caesalpinia echinata), espécie nativa da Mata Atlântica, ameaçada de extinção Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
Perto da Cachoeira dos Garcias, em Aiuruoca, uma bromélia enfeita trilha com cores vivas e formas de abacaxi (ambas pertencem a família das Bromeliáceas) Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
Da mesma família das bromélias, a Barba de Velho (tillandsia usneoides), é encontrada assim, pendurada nas árvores da região de Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Muro de pedras
Trecho de um antigo muro de pedras, feito por escravos para demarcar as propriedades em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Vale dos Garcias
No Vale dos Garcias, em Aiuruoca, a caminhada proporciona contato próximo com a natureza Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
Detalhe de uma flor de bromélia no caminho para a cachoeira do Batuque, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
Na cachoeira do Batuque, em Aiuruoca, o visitante pode vislumbrar bromélias Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira dos Garcias
Visual do final da trilha à Cachoeira dos Garcias, em Aiuruoca. Ao fundo, está a cachoeira do Zé Pedro Guilherme Andrade/UOL Mais
Vale dos Garcias
No Vale dos Garcias, em Aiuruoca, um bouquet natural de flores silvestres Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira dos Garcias
A Cachoeira dos Garcias é uma das mais procuradas de Aiuruoca. A árvore, em primeiro plano, é uma Candeia (Gochnatia polimorpha), típica do cerrado Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
Orquídeas de todas as formas e cores estão espalhadas pelo Parque Estadual da Serra do Papagaio, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira dos Garcias
Com trinta metros de queda livre, a Cachoeira dos Garcias é uma das mais visitadas de Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
A flora silvestre de Aiuruoca é rica em suas espécies e cores Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira dos Garcias
A Cachoeira dos Garcias é abastecida pelo Ribeirão do Papagaio, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Ribeirão do Papagaio
O Ribeirão do Papagaio é o que abastece o maior número de cachoeiras no município, entre elas, a dos Garcias Guilherme Andrade/UOL Mais
Ribeirão do Papagaio
Ducha formada pelo Ribeirão do Papagaio, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
A flora silvestre de Aiuruoca é rica em suas espécies e cores Guilherme Andrade/UOL Mais
Casarão
Casarão de fazenda centenário, no Vale dos Garcias, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
A flora silvestre de Aiuruoca é rica em suas espécies e cores Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira do Tiziu
A Cachoeira do Tiziu, no Ribeirão do Papagaio, em Aiuruoca, tem poço para banhos Guilherme Andrade/UOL Mais
Taturana
No Vale dos Garcias, a taturana da foto tem apenas três centímetros Guilherme Andrade/UOL Mais
Zona rural
Casa típica da zona rural de Aiuruoca, no Vale dos Garcias Guilherme Andrade/UOL Mais
População local
Dona Mariana, contadora de causos e conhecedora da região, é vizinha da Cachoeira dos Garcias, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Hospedagem
Fachada em estilo colonial do Hotel Carmo, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Capela
Aberta apenas durante a Semana Santa, a capela é um dos Passos da Paixão, encenação religiosa de forte tradição em Portugal, incorporada pelos brasileiros desde a época da Colônia Guilherme Andrade/UOL Mais
Casarões
Casarões coloniais caracterizam a cidade de Aiuruoca, no sul de Minas Gerais Guilherme Andrade/UOL Mais
Pico do Papagaio
Saindo da cidade rumo às atrações naturais de Aiuruoca, é preciso pegar uma estrada de terra. Ao fundo, o Pico do Papagaio, com 2100 metros Guilherme Andrade/UOL Mais
Estradas
Repleto de araucárias e com vista para o Pico do Papagaio, o caminho para a Cachoeira do Batuque se torna também uma atração turística Guilherme Andrade/UOL Mais
Pico do Papagaio
Estrada na zona rural de Aiuruoca. Ao fundo, o Pico do Papagaio, com 2100m Guilherme Andrade/UOL Mais
Fazenda do Soro
Na Fazenda do Soro, caminha-se 25 minutos até a cachoeira do Batuque, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
Flores silvestres colorem as trilhas de Aiuruoca, no sul de Minas Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira do Batuque
Fim da trilha à Cachoeira do Batuque e o Pico do Papagaio, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira do Batuque
Com cerca de 30 metros, a Cachoeira do Batuque não tem poço para banhos, mas oferece hidromassagem natural em suas duchas Guilherme Andrade/UOL Mais
Cachoeira do Batuque
Cachoeira do Batuque está a 15 quilômetros da cidade de Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
Flora diversificada e colorida pode ser observada ao lado da trilha à Cachoeira do Batuque, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Morangos silvestres
No caminho até a Cachoeira do Batuque, é fácil encontrar moranguinhos silvestres, que são comestíveis Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
Flora diversificada e colorida pode ser observada ao lado da trilha à Cachoeira do Batuque, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Flora
Flora diversificada e colorida de Aiuruoca, em Minas Gerais Guilherme Andrade/UOL Mais
Igreja
Igreja do povoado da Pedra e ao fundo, está a Cachoeira das Três Marias, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Compras
Sabonetes artesanais da lojinha do Paiol, ao lado do Casarão, no Vale do Matutu, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Compras
Argila em pó, à venda na lojinha do Paiol, ao lado do Casarão, no Vale do Matutu, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Compras
Bonecas de pano da lojinha do Paiol, no Vale do Matutu, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Compras
Interior da lojinha do Paiol, no Vale do Matutu, repleta de artigos artesanais e místicos de Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Doces
Doces artesanais do Vale do Matutu, à venda na lojinha do Paiol, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Café da Roça
Café da Roça serve aos fins de semana no Casarão do Vale de Matutu, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Casarão
Detalhe do Casarão, construído em 1904, na zona rural de Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Construção histórica
Antiga construção, sede da cooperativa dos artesãos do Vale do Matutu, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Casarão do Matutu
Construído em 1904, o Casarão do Matutu é um centro comunitário, cultural, ponto de recepção e saída para as atrações do Vale, em Aiuruoca Guilherme Andrade/UOL Mais
Pão de queijo
Verdadeiro patrimônio mineiro, o pão de queijo de Aiuruoca faz sucesso entre os turistas Guilherme Andrade/UOL Mais

Aiuruoca

Mais álbuns de UOL Viagem x

Veja mais:

Últimos álbuns de Viagem

UOL Cursos Online

Todos os cursos