Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://viagem.uol.com.br/album/2014/08/25/confira-dez-dicas-de-ouro-para-fazer-as-malas.htm
  • totalImagens: 11
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20140825070000
    • Dicas de viagem [49119];
Fotos

Saber exatamente o que levar na mala de viagem é um problema para muitos turistas. Por isso, o UOL Viagem conversou com viajantes profissionais e reuniu algumas orientações importantes, que vão desde como comprar e fechar sua mala, até como escolher as melhores peças de roupa e arrumá-las para caber mais. Aproveite e embarque nas suas próximas férias com a certeza de que está levando tudo o que precisa - sem excessos - na bagagem | Por Marina Oliveira e Rita Trevisan, do UOL, em São Paulo Getty Images Mais

Invista em boas malas. Os modelos de malas rígidas e com quatro rodinhas são os mais resistentes e práticos para viajar. Apesar de mais caras, essas malas evitam que as roupas amassem demais e ainda protegem objetos frágeis que você porventura decida trazer do seu destino, como garrafas de vinho. As quatro rodinhas fazem com que a mala ande praticamente sozinha, sem que precise incliná-la para carregar. Na hora da compra, prefira as de tamanho médio, que são mais fáceis de transportar. "Gosto das cores chamativas como verde, roxo e laranja. São bem mais fáceis de identificar na esteira e o risco de alguém pegar por engano ou até intencionalmente é bem menor", diz o fotógrafo Marcio Nel Cimatti, autor do blog de viagem A Janela Laranja Getty Images Mais

Arrume corretamente. Na hora de dispor as roupas na mala, não faça muitas dobras, para não marcar. Peças que não amassam tanto, como camisetas e bermudas, podem virar rolinhos. Já camisas, precisam ser dobradas ao meio, unindo as mangas e depois, dobradas novamente, unindo a barra e o colarinho. Ao preencher a mala, comece pelos sapatos que podem guardar acessórios no interior. Depois, coloque as calças dobradas ao meio na vertical, deixando as pernas esticadas para fora. Peças mais pesadas, camisetas e as camisas, vão por cima e então, são cobertas com as pernas das calças que estavam fora. Roupas íntimas se encaixam bem nos cantinhos restantes Getty Images Mais

Não exagere nas roupas. Não importa o tamanho da sua viagem, leve uma quantidade de roupas que seja suficiente para 15 dias de passeio. Se a sua viagem for mais longa, melhor do que carregar peso é utilizar lavanderias no destino. "Estamos nos últimos dias de uma viagem de dois meses e temos três malas para dois adultos e duas crianças. São duas malas com roupas e uma com sapatos, itens de higiene pessoal e outras miudezas", diz Luciana Misura, que viajou com a família por 20 estados dos Estados Unidos e escreve no blog Colagem. Ela também garante que mesclar peças é a melhor maneira de variar os looks. Três blusas e três calças mais ou menos básicas, por exemplo, podem resultar em nove combinações diferentes. Acessórios também são bons aliados para incrementar o visual e pesam pouco na bagagem Getty Images Mais

Compre um cadeado aprovado pela TSA (Transport Security Administration). Se você vai viajar para os Estados Unidos, é bom contar com a chance de a sua mala sofrer uma inspeção por parte dos agentes de segurança americana. Como não é possível evitar a vistoria, o melhor a fazer é facilitar a vida deles, ao escolher cadeados que sejam aprovadas pela TSA e que podem ser abertos por uma chave mestra utilizada pelos agentes. Dessa maneira, depois da inspeção, a mala é trancada novamente e, dentro dela, um comunicado avisa da vistoria. Outros tipos de cadeados são comumente danificados por esses agentes e, depois da inspeção, a mala segue aberta pelo restante da viagem Getty Images Mais

Avalie se não vale a pena fazer compras no local. Ao fazer a mala, tenha em mente que quase tudo pode ser comprado no destino: roupas, itens de higiene pessoal, sapatos, casacos e até uma mala extra. Por isso, não há razão para exagerar no tamanho da bagagem, só por medo de esquecer algo importante. "Se estiver indo para um destino muito frio, vá com um casaco que já tem e deixe para comprar roupas mais quentes ao chegar. Você vai comprar itens diferenciados e talvez até consiga economizar", diz Henry Bugalho, do blog Viagens para Mãos de Vacas Getty Images Mais

Considere as mudanças climáticas. Ainda que vá viajar para um local de clima quente, leve ao menos uma calça, um casaco e duas camisetas de manga longa na mala. Isso vai garantir que esteja preparado caso o tempo mude em algum momento do passeio. O inverso também vale: para destinos frios, carregue algumas peças mais leves, que poderão ser usadas nos ambientes internos, geralmente equipados com aquecedores. "Também é interessante carregar sempre uma roupa de banho, para o caso de querer usar uma piscina aquecida, por exemplo", diz Sut-Mie Guibert, do blog Viajando com Pimpolhos Getty Images Mais

Invista em roupas práticas. Não coloque na mala aquelas peças que amarrotam demais e precisarão ser passadas antes de vestir. Caso contrário, você corre o risco de carregar peso à toa. Afinal, toda vez que se lembrar que precisará passar aquele item, você provavelmente desistirá da ideia de utilizá-lo Getty Images Mais

Planeje o que vai na mala de mão. Não coloque nesse tipo de bagagem apenas o que não coube na mala principal. A mala de mão deve conter itens importantes para o passageiro como remédios, joias, documentos, celular, dinheiro e algum outro objeto frágil. Vale também incluir uma muda de roupas, para o caso de as malas despachadas se extraviarem ou de ocorrer um atraso no voo e você ser obrigado a passar mais tempo do que previa no aeroporto. Se a viagem for curta, pode ser interessante levar apenas a mala de mão. Afinal, bagagens de até cinco quilos e uma dimensão aproximada de 23 x 40 x 55cm (profundidade, altura e largura, respectivamente) não precisam ser despachadas. "Assim, além de economizar tempo ao chegar ao destino, você evita um problema frequente, que é o extravio ou a perda das malas", diz Marcio Nel Cimatti Getty Images Mais

Prove as roupas nas crianças antes de colocar na mala. Antes de fechar a bagagem dos pequenos, cheque se todas as roupas e sapatos ainda cabem neles, especialmente se o clima do destino é muito diferente de onde você mora. "Aquela bota ou sapato fechado que o seu filho usou no último inverno pode não caber mais. O biquíni do verão recente também pode ter ficado justo, sem que você tenha se dado conta disso", diz Luciana Misura. Getty Images Mais

Cheque as regras de todos os voos. Antes de embarcar, confira a regulamentação de bagagens de todas as companhias aéreas que irá utilizar, inclusive em trechos internos. Na Europa, por exemplo, muitas empresas de voos só permitem uma mala por passageiro. E você não vai querer descobrir isso no meio da viagem, quando já tiver comprado uma mala extra para acomodar as compras, não é mesmo? Getty Images Mais

Confira dez dicas de ouro para fazer as malas para viajar

Mais álbuns de UOL Viagem x

Últimos álbuns de Viagem

UOL Cursos Online

Todos os cursos