Getty Images
As muralhas de Cartagena remetem ao passado da região, que era ameaçada por piratas Getty Images

Multifacetada e cheia de vida, Cartagena das Índias tem história para contar

Segundo principal destino colombiano, atrás apenas da capital Bogotá, Cartagena das Índias abriga muitas cidades numa só. A mais conhecida é a amuralhada, com suas ruínas e construções preservadas, hoje lar de lojas e hotéis charmosos que atraem gente de todo o mundo, ao mesmo tempo em que ainda mantém simpáticos bares e barbearias de outra época. O local é a região mais conhecida por quem vai a turismo à cidade, mas uma visita a Cartagena reserva outras surpresas.

O bairro de Getsemaní é extensão da zona construída para defender o antigo porto mais importante das Américas de ataques piratas, durante a sangrenta colonização espanhola - antes de Cartagena conquistar sua liberdade no início do século 19. O lugar tem hostels agitados, mercadinhos, clubes noturnos e barracas que fritam dourados buñuelos (bolinho frito, feito com massa de queijo costenho) sob o sol quente da manhã. A média de temperatura local é na casa dos 30ºC, calor que combina perfeitamente com o cenário.

Com fama exagerada - e ultrapassada - de perigoso, o bairro hoje vive uma supervalorização, o que tem feito com que moradores vendam suas casas para estrangeiros e busquem imóveis melhores mais afastados do centro. O processo de gentrificação não passa sem críticas nos muros do bairro, que em 2013 foi sede de um festival de arte urbana.

Já o arquipélago de Islas del Rosario representa o Caribe colombiano, com praias de mar cristalino, manguezais, arrecifes de corais e um povoado de rica herança africana. Em Bocagrande, região menos atraente para quem busca paisagens tropicais, a zona comercial e hoteleira se expande com o intuito de atender quem vem à cidade para turismo ou negócios, enquanto mais ao norte há praias onde muitos cartageneros vão aos fins de semana.

Além de ser um destino de reuniões e congressos - em 2012, a cidade recebeu presidentes de todo o mundo na Cúpula das Américas, Cartagena sedia bons eventos culturais, como o Festival Internacional de Cinema e o Music Festival, de música clássica. No campo da literatura, o destino que inspirou obras do mais notório escritor colombiano e morador local, Gabriel García Marquez, é sede do Hay Festival, encontro que em 2014 recebeu Joe Sacco e Irvine Welsh.

Conhecer a história dos fortes e do casario que rendeu a Cartagena o título de Patrimônio Histórico da Humanidade é programa certo para quem visita a cidade fundada em 1533, assim como um roteiro pelas belas praias em ilhas vizinhas. Mas se o espírito for curioso, vale tentar entender melhor a cultura de uma região que reverbera tanto a influência europeia quanto a africana e a indígena. Você pode conversar sobre questões do passado e presente político com os locais, que falam deliciosamente cantado, ou então visitar o caótico e muito simples mercado de comida local. É possível atentar a ritmos como cumbia e bullerengue, comer arepas de ovo e tomar a famosa limonada de coco cartagenera, seja na rua ou em estabelecimentos estrelados hoje instalados ali.

História
Os espanhóis chegaram em Cartagena das Índias entre o fim do século 15 e o início do 16, e a nomearam assim em homenagem à cidade de seu país. A colonização da Colômbia começou pelo litoral, como ocorreu em outros países da América, com perseguição aos índios da região e escravização de pessoas trazidas da África. Em 1811, finalmente, a cidade conquistou sua liberdade, sendo o primeiro território colombiano (e o segundo sul-americano, após Caracas) a fazê-lo. 

Atrações em destaque

Fotos de quem já foi

Dicas de quem já foi

Calendário de eventos

dez

Festival del Pastel

Desgustação e competição de receitas tradicionais de "pasteles cartageneros". Os salgados se parecem mais com tamales, feitos com arroz e algum tipo de carne, do que com os pastéis que o brasileiro conhece.

nov

Fiestas de la Independencia

Dia 11 de novembro a cidade comemora sua independência da coroa espanhola, que ocorreu em 1811. As celebrações acontecem nas duas primeiras semanas do mês e contam com desfiles com clima carnavalesco, danças tradicionais e um concurso de beleza.

fev

Festival del Frito

Em paralelo à Festa de Nossa Senhora da Candelária, há um festival onde competem as frituras mais conhecidas e tradicionais da cidade.

fev

Fiestas de la Virgen de la Candelaria

Festividade religiosa tradicional que inclui procissões, cavalgadas, feiras, apresentações de música e comidas típicas.

Mais Colômbia

Últimas notícias



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos