Thinkstock
A tranquilidade e o sossego reinam na cidade e não é preciso ir longe para encontrar areias semidesertas Thinkstock

João Pessoa reune belas praias, riqueza cultural e clima interiorano

Imagine uma cidade com belas praias urbanas, tranqüilidade característica de interior, riqueza cultural e a poucos quilômetros de verdadeiros paraísos naturais. Acrescente ainda um centro histórico rico em arquitetura colonial, um rio emoldurando a paisagem e terá idéia do que é a capital da Paraíba.

Menor e menos famosa que Natal e Recife, João Pessoa ainda não atrai o mesmo número de turistas que as capitais dos Estados vizinhos. Ainda bem! A tranqüilidade e o sossego reinam na cidade e não é preciso ir longe para encontrar areias semidesertas.

Nem por isso faltam opções de lazer e conveniências de uma cidade grande. Bons restaurantes, shopping centers e comércio variado garantem o conforto do visitante.

É um destino para ser admirado sem pressa. Em João Pessoa, os prédios altos da beira-mar, comuns em outras orlas, dão lugar a casas e edifícios de três andares. Os terrenos ainda desocupados espalhados pela cidade, aliados às ruas largas, pouco movimentadas e bem arborizadas fazem pensar que toda cidade de litoral deveria ser assim.

Situada no extremo oriental das Américas, a capital da Paraíba abriga o ponto em que o Brasil mais se aproxima da África. É na Ponta do Seixas que os primeiros raios de sol chegam ao país todas as manhãs. João Pessoa é considerada também a terceira cidade brasileira mais antiga e possui um centro histórico rico em arquitetura colonial.

As praias da cidade encantam. Bessa, Manaíra, Tambaú e Cabo Branco são as principais. A badalação noturna fica por conta de Tambaú, com seus bares, restaurantes e casas noturnas. É lá também que ficam a principal feira livre de artesanato da cidade e o hotel Tropical Tambaú, construído praticamente no mar.

Outro marco arquitetônico é a Estação Ciência, projetada por Oscar Niemeyer e inaugurada em julho de 2008. O edifício é um dos cartões postais da cidade, assim como o Farol do Cabo Branco.

A cidade é incrível, mas não se pode ir à Paraíba e não conhecer as suas praias paradisíacas. Ao norte de João Pessoa está a rústica praia de Cabedelo, bem próxima à praia fluvial do Jacaré, famosa por um dos principais programas turísticos da região. Todos os dias ao cair da tarde, um saxofonista toca na canoa o "Bolero", de Ravel, para acompanhar o espetáculo do pôr do sol no Rio Paraíba. Além dos bares em palafita, na praia do Jacaré tem também uma simpática feirinha de artesanato.

Menos visitado, o litoral sul da Paraíba esconde verdadeiros tesouros. São quilômetros e quilômetros de orla com enormes falésias coloridas, coqueirais e recifes que formam piscinas naturais. A caminhada, pela praia, de Tambaba, mais ao sul, até Tabatinga, passando por Coqueirinho é absolutamente imperdível. O trecho tem cerca de seis quilômetros e uma diversidade de paisagens que impressiona.

Tambaba é um capítulo a parte. Situada em Jacumã, distrito de Conde, a 30 km de João Pessoa, e é uma das praias de nudismo mais famosas do país. As regras são claras: no trecho em que é obrigatório tirar a sunga e o biquíni, homem desacompanhado não entra. A praia possui uma faixa de 200 m de extensão para o banhista que preferir não se aventurar na onda naturalista.

Atrações em destaque

Dicas de quem já foi

Calendário de eventos

jan

Estação do Som

Artistas locais e nacionais se apresentam no grande evento que acontece todos os anos durante o mês de janeiro.

jun

São João em João Pessoa

Acontece durante os festejos juninos em palcos armados na Praça do Ponto Cem Réis com muito forró celebrando a cultura nordestina.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos