Thinkstock
A média de dias de sol por ano em Búzios é cerca de duas vezes maior que a do Rio de Janeiro Thinkstock

Búzios tem sol quase todo o ano, paisagens paradisíacas e charme provinciano

Armação dos Búzios está entre as dez cidades mais procuradas pelos viajantes no ranking da Embratur. Localizada na região dos Lagos, no litoral norte do Rio, a 190 km da capital fluminense, a cidade é o destino que mais recebe cruzeiros marítimos no país.

Esses fatos explicam a mistura de sotaques que se ouve pelas ruas e a diversidade de estilos entre as opções de bares, restaurantes, pousadas e boates.

Turistas do mundo todo visitam a região e muitos acabam ficando de vez. São donos de pousadas, comandam restaurantes ou circulam pela cidade vendendo sua arte, seja ela a música, a pintura, a escultura ou bijuterias. Morada de muitos artistas plásticos, os ateliês se espalham pela cidade.

A simpatia e a alegria do povo local e a beleza natural são marcantes. O charme de Búzios, que mistura a rusticidade de uma vila de pescadores com o glamour de um resort francês, faz com que seus visitantes carreguem consigo o desejo de um dia voltar.

Não há como evitar eleger uma praia favorita entre as mais de 20 na cidade: pequenas, grandes, com pedras, urbanas, mais reservadas, de mar aberto, de águas tranquilas... O desenho das formações rochosas vistas ao redor delas chama a atenção. A explicação é pré-histórica. Há 520 milhões de anos, a região fazia parte de uma gigantesca cadeia de montanhas tão alta quanto o Himalaia. Mas hoje a maior altitude não passa 200 metros.

A antiga vila de pescadores, povoada por piratas franceses e marcada pelo tráfico de escravos, ganhou fama internacional após a visita da atriz francesa Brigitte Bardot em 1964. Ela se apaixonou por Búzios, onde resgatou o prazer de caminhar tranquilamente pelas ruas sem ser flagrada por uma câmera.

A média de dias de sol por ano em Búzios é cerca de duas vezes maior que a do Rio de Janeiro e três vezes maior que a de Angra dos Reis. Águas cristalinas, muito sol e vento forte constante tornam o lugar ideal para a prática de esportes como vela, surfe, windsurfe, kitesurfe, iatismo e voo livre. O vento que sopra do leste e seu particular microclima afastam as chuvas e fazem a temperatura da região agradável, com média anual de 25ºC.

Naturalmente, por conta da grande circulação de estrangeiros, a gastronomia local se internacionalizou. Há restaurantes representando as cozinhas japonesa, tailandesa, marroquina, francesa, italiana e muitas outras. No entanto, pratos à base de frutos do mar, como moquecas, caldeiradas ou um simples peixe frito (com arroz, feijão preto e salada), são os prediletos dos visitantes, que são atraídos pelo sabor dos pescados típicos da região (anchova, lula e até arraia).

A comida é tão importante para a região, que a cidade ganhou um evento dedicado à sua gastronomia: o Festival Gastronômico de Búzios é realizado anualmente e busca valorizar restaurantes e bares da região.

De dia ou à noite, o centro é um agito só. À noite, o movimento se concentra na Rua das Pedras, onde se encontram bares e boates com música ao vivo ou pistas de dança. As pessoas costumam circular por ali até escolherem sua balada. Por isso, é depois da meia-noite que as casas noturnas começam a agitar.

Atrações em destaque

Fotos de quem já foi

Dicas de quem já foi

Cursos Online
UOL Cursos Online

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos